O SENTIMENTO/+/NÃO PODE PARAR!

Sejam todos bem-vindos ao site oficial do LIVRO OFICIAL PAIXÃO DA GAMA, A Maravilhosa História do Vasco, é mais uma ferramenta a disposição da imensa torcida bem feliz do Vasco da Gama.

O site foi feito de vascaíno para vascaínos de todas as partes do mundo.

Não deixem de enviar suas mensagens e comentários, assistir aos vídeos do nosso amado Vasco da Gama e de sua torcida, seja um seguidor do site, e acompanhem as novidades sobre o LIVRO OFICIAL PAIXÃO DA GAMA , basta mandar e-mail para
jorge.pehuci@gmail.com.



Espero que gostem do site e tenho certeza que ficarão orgulhosos de ter O LIVRO OFICIAL PAIXÃO DA GAMA - A Maravilhosa História do Vasco, o livro oficial mais completo da história do Gigante da Colina.

Saudações Vascaínas.

quinta-feira, 8 de maio de 2008

VASCÃO DA GAMA DÁ SHOW NO CALDEIRÃO E GOLEIA POR 5 X 1


Empurrado pelo barulho de São Januário lotado, o Vasco não decepcionou a sua torcida e na base da emoção venceu o Corinthians-AL por 5 a 1, nesta quarta-feira, na partida de ida das quartas-de-final da Copa do Brasil. Reinaldo Alagoano abriu o placar para o time visitante, mas o Gigante da Colina conseguiu a virada com gols de Jota (contra), Edmundo (dois), Morais e Leandro Amaral. Com o ótimo resultado, o Cruzmaltino pode perder o jogo de volta por até 3 a 0. O Corinthians-AL, como deixou a sua marca na Colina, se classifica com uma goleada por 4 a 0. A partida decisiva será disputada em Maceió na próxima quarta-feira. JOGO A expectativa dos torcedores ficou por conta da reestréia de Leandro Amaral. Por parte da arquibancada, veio a indiferença. Logo no primeiro minuto de jogo, o atacante recebeu boa bola na área e chutou. Veloso se antecipou bem e fez a defesa. O que parecia ser o prenúncio de sorte se transformou em apreensão dois minutos depois. A defesa vascaína fez uma lambança sem tamanho e Reinaldo Alagoano não perdoou: 1 a 0 Corinthians-AL. O gol deixou o time e a torcida vascaína atordoada. O nervosismo tomou conta e os erros passaram a ser constantes, principalmente na defesa, que não se achou durante todo o jogo. O panorama só mudou quando o Vasco conseguiu o empate. Leandro Bomfim cruzou para dentro da grande área, Leandro Amaral desviou e Jota mandou para dentro do próprio gol: 1 a 1. O lance de sorte acordou a torcida, que fez de São Januário um verdadeiro caldeirão. Dentro de campo, o time se acalmou e logo passou a dominar as ações. Edmundo, confirmando a boa fase, comandou o Vasco rumo a virada. Aos 36 minutos, Wagner Diniz descolou um passe açucarado para o camisa 10 bater cruzado e marcar. Visivelmente emocionado, o atacante disse na saida para o intervalo que a vitória teria de vir na base da raça. Antes do início do segundo tempo, Edmundo comandou a roda dos jogadores do Vasco dentro de campo, sob o canto dos torcedores. A demonstração de união dos jogadores surtiu efeito. O Gigante da Colina mostrou o seu melhor futebol na temporada e não teve piedade do visitante. Aos 13 minutos, Morais aproveitou boa jogada de Madson e deixou o seu: 3 a 1 Vasco. Na frente, Leandro Amaral e Edmundo mostraram que Antônio Lopes estava certo ao considerá-los uma das melhores duplas de ataque do Brasil. Aos 20 minutos, o camisa 19 recebeu passe e tocou com categoria por cima do goleiro: 4 a 1. Na comemoração, foi abraçado por todos os jogadores. Edmundo pediu e a torcida gritou com toda a força o nome do jogador que havia deixado o clube no início do ano. Com a paz selada entre vascaínos e Leandro Amaral, o atacante fez questão de retribuir a força de Edmundo e deixou o Animal livre para fazer o seu segundo gol, o quinto do Gigante da Colina. Os jogadores mantiveram o ritmo e poderiam ter feito o sexto. No fim, São Januário comemorou a vantagem confortável para a segunda partida e o sonho do título da Copa do Brasil está mais vivo do que nunca.


FICHA TÉCNICA VASCO 5 X 1 CORINTHIANS-AL

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)

Data/hora: 07/5/2008 - 19h30min (de Brasília)

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha(GO)

Auxiliares: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Fabricio Vilarinho da Silva (GO)

Renda/público: R$ 214.220,00/20.245 pagantes

Cartões amarelos: Morais, Wagner Diniz, Vilson (VAS); Fábio Neves, Maizena, Jota, Daniel, Selmo Lima (COR). GOLS: Reinaldo Alagoano, 3'/1ºT (0-1); Jota, 21'/1ºT (contra/1-1); Edmundo, 36'/1ºT (2-1), Morais, 13'/2ºT (3-1), Leandro Amaral, 20'/2ºT (4-1), Edmundo, 25'/2ºT (5-1).


VASCO: Tiago, Vilson, Jorge Luiz e Eduardo; Wagner Diniz, Jonílson, Leandro Bomfim (Pablo - 43'/2ºT), Morais (Alex Teixeira - 37'/2ºT) e Madson (Calisto - 33'/2ºT); Leandro Amaral e Edmundo. Técnico: Antônio Lopes.


CORINTHIANS-AL: Veloso, Maizena (Carlos Renato - 27'/2ºT), Selmo Lima e Wilson; Rogerinho (Claudinho - 16/2ºT), Jota, Du, Daniel e Irineu (Tozin - 14'/2ºT); Fábio Neves e Reinaldo Alagoano. Técnico: Gilmar Batista

Fonte: Lancenet (texto, ficha)

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

BLOGdoVASCO disse...

SHOW DE EDMUNDO E LEANDRO AMARAL!!!!!!

VIVA O VASCO

Anônimo disse...

A próxima vítima é o Sporro. Sei que o VASCO vai ganhar, embora não saiba o placar. Estimo 2 a 0 no mínimo; meu palpite verdadeiro, contudo, é 4 a 0.



Juarez Belém
souvascodoente@bol.com.br
Mossoró-RN