O SENTIMENTO/+/NÃO PODE PARAR!

Sejam todos bem-vindos ao site oficial do LIVRO OFICIAL PAIXÃO DA GAMA, A Maravilhosa História do Vasco, é mais uma ferramenta a disposição da imensa torcida bem feliz do Vasco da Gama.

O site foi feito de vascaíno para vascaínos de todas as partes do mundo.

Não deixem de enviar suas mensagens e comentários, assistir aos vídeos do nosso amado Vasco da Gama e de sua torcida, seja um seguidor do site, e acompanhem as novidades sobre o LIVRO OFICIAL PAIXÃO DA GAMA , basta mandar e-mail para
jorge.pehuci@gmail.com.



Espero que gostem do site e tenho certeza que ficarão orgulhosos de ter O LIVRO OFICIAL PAIXÃO DA GAMA - A Maravilhosa História do Vasco, o livro oficial mais completo da história do Gigante da Colina.

Saudações Vascaínas.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

FELIZ NATAL E GLÓRIAS PARA NOSSO VASCÃO EM 2012.

Caros vascaínos, saudações,
 
Quando desejamos um FELIZ NATAL e um VASCO NOVO para todos os vascaínos ao final de 2010, não imaginávamos que o ano seria tão maravilhoso como foi 2011.
 
Começamos o ano com muitas dificuldades, como não poderia deixar de ser, já que, como a torcida cruzmaltina gosta de dizer: Lutamos contra tudo e contra todos.
 
No Campeonato Carioca, além dos tropeços do time, tivemos, novamente, problemas com os famosos "erros" de arbitragens, mas mesmo assim chegamos ao final da Taça Rio com chances de sermos campeões. Perdemos essa chance somente nos pênaltis.
 
A Copa do Brasil foi a mais sensacional de todas em todos os tempos, afinal o Gigante da Colina mostrou sua força e conquistou esse título inédito para nossa imensa torcida.
 
Atropelando os rivais, e deixando para trás todos os favoritos, o Vasco da Gama chegou as fases finais da competição contra os considerados clubes médios e pequenos: Avaí e Coritiba.  Mas como era contra o Vasco a grande imprensa condenou o clube da Colina Histórica à derrota antes da bola rolar.
 
Conquistamos vitórias extraordinárias fora e dentro de nossa casa, São Januário, e mostramos a todos a superação de um clube que todos já condenaram ao fracasso.
 
VASCO DA GAMA, CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL 2011.
 
No campeonato brasileiro, o Clube do Almirante foi parado somente pelos "erros" dos juízes, e foram muitos, tantos que um site de estatísticas e prognósticos esportivos chegou, ao final da competição, a conclusão de que o Vasco deveria ter sido o campeão caso esses "erros" não tivessem sido cometidos.
 
O www.placarreal.com.br nos concedeu um troféu de Campeão Brasileiro 2011, sem considerar esses "erros".
 
Pela Copa Sulamericana, outra campanha digna de um gigante, o clube vascaíno chegou às quartas de final perdendo a partida de volta na casa do adversário e com um time já desgastado pela enorme carga de jogos.
 
O ano de 2011 ficará marcado na memória de todos os vascaínos como um ano glorioso e vitorioso, com a marca da determinação e da superação que sempre foi determinante para o VASCO DA GAMA.
 
Desejamos aos cruzmaltinos, espalhados por todos os cantos do planeta, muita saúde, paz e vitórias para no nosso Gigante.
 
FELIZ NATAL E UM ANO REPLETO DE GLÓRIAS E VITÓRIAS, PESSOAIS, PROFISSIONAIS E ESPORTIVAS PARA TODOS OS VASCAÍNOS.
 
EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!
 
Jorge Luiz Alves Bezerra
Blog Paixão da Gama
 
Fonte: Blog Paixão da Gama (texto) / Mensagenseimagens.com.br (Imagem).

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Homenagem do Livro Paixão da Gama ao título da Copa Mercosul 2000.

Caros vascaínos, saudações.

Há 11 anos, o Vasco da Gama realizava a maior virada em um torneio internacional da história do futebol. A Virada do Milênio, como ficou conhecida, na final da Copa Mercosul 2000, contra o Palmeiras em pleno Parque Antártica, após estar perdendo por 3 a 0 no primeiro tempo e jogar o segundo tempo, na sua maior parte, um jogador a menos, já que o zagueiro Júnior Baiano foi expulso.

Quando teve início o segundo tempo, a torcida palmeirense comemorava nas arquibancadas e os jogadores do Verdão, apesar do discurso de que o jogo ainda não tinha terminado e era preciso ter cuidado com o time vascaíno, já estavam provocando os atletas cruzmaltinos em campo.

Nesse momento da partida, Romário e principalmente Juninho Paulista passaram a buscar mais o ataque apesar da inferioridade de 3 a 0 no placar, e em duas arrancadas do meia vascaíno, foram marcados dois pênaltis para o Vasco, convertidos por Romário, reduzindo a diferença e chegando aos 3 a 2.

Juninho Paulista fez o gol de empate somente depois dos 40 minutos da etapa final, com o locutor da Super Rádio Tupi gritando aos quatro ventos: “Foi um gol santo e sagrado...”. Mas a torcida verde começa a empurrar seu time que ainda com o empate conquistaria a competição.

Veio, então, o golpe de misericórdia, em uma jogada pela esquerda do ataque vascaíno com o jogador Viola, ele invade a área, a bola é tocada por Juninho Paulista e caprichosamente a bola sobre na direita para Romário somente empurrar para as redes.

O VASCO É CAMPEÃO DA MERCOSUL 2000.

ROMÁRIO É O MAIOR ARTILHEIRO DO ANO.

Veja trecho do Livro Paixão da Gama que narra essa vitória fantástica do Gigante da Colina:


Fonte: Blog Paixão da Gama (texto) / Hpcrvasco.com.br (Imagem).

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

SELEVASCO É BICAMPEÃO BRASILEIRO 1989.

Caros vascaínos, saudações.

Há exatos 22 anos a equipe vascaína conquistava o Bicampeonato Brasileiro 1989 e ficaria na memória dos cruzmaltinos como a SELEVASCO.

Mesclado de craques e jovens promessas que acabaram se tornando em ídolos da torcida vascaína, a SeleVasco chegou ao título de forma incontestável, numa partida disputada em pleno Morumbi, na casa do São Paulo, quando poderia disputar a primeira partida em São Januário.

Ainda no início da temporada uma manobra do dirigente Eurico Miranda trouxe para o Vasco da Gama o atacante Bebeto, que estava sendo injustiçado na Gávea, e o craque fez a diferença na competição.

A segurança de Acácio, os cruzamentos certeiros de Luiz Carlos Winck, o setor defensivo com Quiñones e Marco Aurélio, o volante e capitão Zé do Carmo, Marco Antônio Boiadeiro ou Andrade, e Willian no meio, e o ataque formado por Bebeto, Sorato, e Bismarck, e ainda Vivinho na reserva, um time realmente irresistível.

O Vasco da Gama bateu todos os favoritos ao título, times como o Santos, Internacional, Corinthians, Cruzeiro, e na final o São Paulo, sofreram com a SeleVasco.

Com uma campanha fantástica de 9 vitórias, 8 empates e somente 2 derrotas, o clube da Colina Histórica não teve adversário à altura de sua competência e na partida final brilhou a estrela do jovem atacante Sorato que recebeu a bola em um cruzamento perfeito do lateral direito Luiz Carlos Winck, marcando de cabeça o gol do título.  

SELEVASCO CONQUISTA O BRASIL.

Saudações vascaínas a todos.

EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!

Fonte: Blog Paixão da Gama (Texto) / Netvasco.com/mauroprais (Foto comemorativo ao Tricampeonato Ramon de Carranza 1989).

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

VASCO PENTA CAMPEÃO CARIOCA 1992.

Caros vascaínos, saudações.

Nesse ano inesquecível para toda a imensa torcida bem feliz de vascaínos, comemoramos a conquista do PENTA CAMPEONATO CARIOCA 1992.

Com a interdição do Maracanã devido a tragédia que matou cinco torcedores e feriu dezenas de outros durante partida entre o Botafogo e o Clube da Gávea, o Estádio de São Januário seria o único em condições para receber os clássicos cariocas. Apesar de hoje muitos tentarem impedir o estádio do Vasco de receber jogos importantes, São Januário foi palco de muitos jogos em que sua história de mais de 80 anos.

Além das disputas do Campeonato Carioca 1992, o clube recebeu várias partidas decisivas da Seleção Brasileira até a inauguração do Marcanã, no ano do Centenário do Vasco, o clube fez a primeira partida das finais da Taça Libertadores 1998, conquistada pelos vascaínos, e muitos outros jogos memoráveis que estão na memória de todo cruzmaltino.

Em 1992, o Penta Campeonato Carioca veio com duas rodadas de antecedência contra o Bangu, mas a última poartida seria disputada contra o rival da Gávea com um gostinho especial, o título invicto.

Com um time mesclado com jogadores experientes e jovens atletas que se destacaram naquele ano, o Vasco chegou ao final da temporada com um elenco mais que qualificado: Carlos Germano; Luís Carlos Winck; Jorge Luís; Torres (Tinho); e Cássio (Eduardo); Luisinho; Leandro; Carlos Alberto Dias (Willian) e Bismarck; Edmundo e Roberto Dinamite (Valdir).

A partida final do carioca foi em 06 de dezembro e o empate em 1 a 1, com gol de Edmundo, fez a torcida comemorar o título invicto sobre seu maior rical com muita festa.

O ano de 1992 marcou a história do Vasco da Gama por ter sido o ano da despedida do maior ídolo de sua história, Roberto Dinamite, e o último gol em partidas oficiais do ídolo vascaíno foi marcado contra o Goytacaz em 26 de outubro, na vitória do clube por 1 a 0.

Ainda nesse dia, mas no ano de 1998, centenário do clube, o time de basquete masculino do Vasco sagrou-se Campeão Sulamericano de Clubes Campeões contra o Welcome (Uruguai).

O VASCO DA GAMA é um clube cuja história é riquíssima em títulos e conquistas em todas as modalidades esportivas praticadas sob suas cores, cabe a nós vascaínos manter essas conquistas na memória coletiva dos milhões de cruzmaltinos espalhados por todo o mundo.

EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!

Jorge Luiz Alves Bezerra
Blog Paixão da Gama

Fonte: Blog Paixão da Gama (texto) / Supervasco.com (Imagem).

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

VASCO DA GAMA - "E se às 19h do dia 4/12...


... Apesar de toda luta, todo esforço realizado, toda entrega, essa taça não for pra São Januário? Tristeza? Sim, claro! Lutamos mais do que ninguém por esse campeonato, nos recusamos a morrer em todas às vezes em que a CBF e imprensa tentaram fazer com que isso acontecesse, e chegamos vivos a última rodada, com chances reais de título, mas e se ele não vier? Estamos todos confiantes, porem é muito possível sim q ele fique pelas bandas do Parque São Jorge.

Se isso acontecer, como você torcedor vascaíno vai reagir? Raiva? Como ter raiva de um time que colocou a cruz de malta na ponta da chuteira em todas as oportunidades que precisou? Frustração? Como terminar um ano como esse frustrado? A taça em si é um detalhe, toda a imensa torcida está bem feliz de norte a sul deste país, como diz o nosso hino! Vergonha? Vergonha é entrar na última rodada brigando por vaga na Libertadores e querer status em jogo que vale título. Dois mil e onze já é nosso e isso NINGUÉM tira. Se não ficar marcado com a taça do campeonato brasileiro, estará marcado nos corações de todos nós. Esse time de 2011 merece um espaço na nossa vasta sala de troféus, esse time joga com alma, com alma de campeão.

Hoje vim me perguntando sobre isso, sobre qual seria a minha reação caso o campeonato brasileiro não viesse pra colina, sou passional demais, porem deixei a paixão um pouco de lado e pensei com a razão. E vi que o principal desse ano já foi conquistado a muito tempo, que é o nome da instituição CLUB DE REGATAS VASCO DA GAMA!

Esses onze atletas, onze não, o elenco inteiro praticamente, merece cada um a sua importância, e o meu obrigado. E mesmo eu não sendo ninguém, sendo apenas mais um dentre tantos vascaínos, vou deixar aqui meu agradecimento a todos, um por um...

O que falar do Fernando Prass? Acho que tem diversos pontos negativos, porém não sou imbecil de não enxergar o óbvio. Finalmente o trono da camisa 1 foi novamente ocupado, o trono que um dia já foi de Acácio, Carlos Germano e estava vazio desde a saída do Hélton, hoje é dele, com todo o merecimento. Obrigado!
Fágner, moeda de troca do Corinthians, Time B do PSV, lateral contestado por muitos por apoiar demais e deixar uma avenida nas costas, hoje é simplesmente o melhor lateral direito em atividade no Brasil. Obrigado!
Renato Silva, estabanado, inseguro e grosso. Tudo bem Renato, enquanto você continuar jogando com essa disposição, essa garra e essa entrega, tá mais que perdoado. Obrigado!
Dedé… bem, do Dedé eu falo depois.
Jumar, contestado, chacota da torcida, um " Márcio Careca " do Palmeiras. Veio pro Vasco cercado de desconfiança e mesmo jogando 80% da temporada fora da sua posição, matou um leão por jogo! Um MONSTRO na marcação! E a torcida do Palmeiras estava certa, TENHAM MEDO DO JUMAR! Obrigado! ...
Rômulo, de volante operário esforçado e imaturo, a jogador de seleção brasileira. Corre o campo inteiro, o tempo todo. Pra mim a revelação do Campeonato Brasileiro, joga demais. Obrigado!

Allan, o coringa do time! Campeão da Copa do Brasil como lateral, já jogou em 3 posições do meio campo, é o Severino do Vasco! E o que mais impressiona é que ele faz tudo com uma disposição assustadora. Assim como o Rômulo, tem bola pra seleção brasileira jajá! Obrigado!

Felipe, todas as vezes que vejo o Felipe no campo, eu sei que estou vendo mais do que um jogador, mais do que um craque, eu to vendo simplesmente o maior vencedor da HISTÓRIA do Vasco em 113 anos, é como se eu estivesse presenciando uma parte da vida do Vasco desfilando seu talento em campo. Fundamental. Obrigado!


Juninho é o nosso rei. Mesmo aos 36 anos, mesmo não exibindo a vitalidade de outrora, mesmo a precisão das faltas não sendo mais a mesma de antes, continua sendo o Juninho. Só a presença dele em campo já vale o ingresso. Colaborou e muito em 2011 cara, nem eu imaginava que a sua volta seria tão gloriosa, eternamente ídolo. Obrigado!...

Éder Luis, peça fundamental do time! Jogou muito a temporada inteira, correu demais, se entregou demais, lutou demais. Compensa a fraca pontaria com velocidade e força. Um monstro na final da Copa do Brasil e um guerreiro em todos os jogos da temporada. Obrigado!

Diego Souza, o cara. Eu sempre digo que quando o Diego Souza resolve jogar, ninguém ganha do Vasco. E é a mais pura verdade. Mesmo sendo inconstante e por diversas vezes displicente, é o nosso camisa 10, o cara que pode decidir um jogo do nada, o cara dos golaços, dos dribles inimagináveis. Mesmo deslocado pra jogar mais a frente onde não está acostumado, não falta luta, se não da na técnica, vai na disposição mesmo. Craque demais. Obrigado!

Élton Brandão, de uma forma ou de outra, sempre deixa o dele. Tá longe de ser um Roberto em 74, um Bebeto em 89, um Edmundo em 97 ou um Romário em 2000, porem é um cara que acredita em todos os lances, mas não é a toa que o chamamos de Pelélton, ele deixa o coração dentro do campo. Obrigado!

Alecsandro, se alguém tem estrela no time, é esse ai. O cara das decisões. Jogo apertou? Dá pro Alecsandro que ele guarda. Foi muito importante no ano, e se deus quiser na final do brasileirão, será também. Apesar de tudo, confio e acredito muito em você! Obrigado!

Bernardo, o talismã! Apesar do temperamento um tanto quanto destemperado, sempre gostei dele. Tem jogado com um coração do tamanho da torcida do Vasco nos principais jogos da equipe no campeonato, e eu sempre irei agradecer por aquele gol aos 45 contra o Fluminense, pode ter a certeza que todo mundo chorou junto com você, Obrigado!

Ah.. falta um né? Falta o craque do time...

Dedé, você simplesmente é o maior zagueiro que eu vi jogar com a camisa do Vasco, e olha que eu achava impossível alguém superar o nosso capitão da América, Mauro Galvão. Faltam palavras pra explicar o que você representa pra nossa torcida, e o que nos deixa mais felizes é saber que o Vasco representa o mesmo pra você. Você já é ao lado do Juninho e do Felipe um ídolo histórico do clube, já teve atuações que entraram pra história. Mesmo jogando na zaga, você foi o craque do time em 2011 sem concorrentes próximos. OBRIGADO!

E é assim galera, que eu vejo o 2011 do Vasco, um 2011 vencedor. É claro que eu espero ansiosamente mais uma taça pra completar o meu Natal, porém, pelo menos o meu ano, já está ganho.

Vamos com tudo, que time, torcida e coração, a gente tem de sobra!

Marcio Mello.

Agradecemos a Marcio Mello pelo texto.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

URUBÚ É O MAIOR VICE DO BRASIL.

Caros vascaínos, saudações.

No próximo domingo, dia 04 de dezembro de 2011, Vasco e Flamengo entram em campo para a última rodada do Brasileirão 2011, com o time vascaíno com chances de conquistar o penta campeonato brasileiro, enquanto que o rubro-negro tenta classificação para a disputa da Taça Libertadores 2012.
Nos últimos dias muito se falou sobre quem era mais vice campeão: Vasco ou Flamengo.
Alguns perquisadores já realizaram estudos e em todos eles o clube da Gávea sempre está à frente do cruzmaltino quando o assunto é vice.
A Revista Placar divulgou em seu site no dia 1º de setembro desse ano a matéria: "Apesar da fama, Vasco não é mais vice que o Flamengo". Confira  http://placar.abril.com.br/gama/noticias/apesar-da-fama-vasco-nao-e-mais-vice-campeao-que-o-flamengo.html
No site Netvasco.com.br a matéria publicada em 04 de maio de 2011 detalha todos os confrontos entre os dois clubes que garantiu a conquista para o rival, confira esse detalhamento: http://www.netvasco.com.br/n/91332/pesquisador-faz-levantamento-detalhado-das-decisoes-entre-vasco-e-urubu
Até um livro que conta detalhes do futebol fez a constatação que todo vascaíno já sabe mas não é divulgado pela imprensa, ou quando é divulgado passa despercebido pelo simples fato de ser colocado nas entrelinhas, sem destaque, para não prejudicar uma imagem superdimensionada dos rubro-negros, o livro dos jornalistas Luiz André Alzer e Mariana Claudino,  "Os 10 mais", trás uma revelação surpreendente: A lista vem com o clube da Gávea em 3º lugar, atrás somente de América (RN) e Atlético (MG).
 
Mas conferindo ano a ano, e pesquisando em diversos sites, revistas, jornais e publicações de todo tipo, descobrimos que o time rubro-negro ostenta mais de 120 vices durante sua história.
Alguns poderão tentar contestar alguns deles argumentando que a disputa não foi entre os dois, mais o que queremos mostrar e derrubar por terra é a mística de que "Se deixar
o Flamengo chegar, nós ganhamos..." que a torcida sempre diz aos quatros cantos.
CONFIRA A LISTA COMPLETA DE TODOS OS VICES DO FLAMENGO:
http://twitpic.com/7l3pa5
 
Na lista, vimos que o Vasco da Gama impôs aos rivais 38 vices campeonatos, mas essa informação é ignorada pela grande imprensa do país.
 
O estudo ainda é preliminar, mas mostra que diferente da impáfia rubro-negra a história nos contempla com uma realidade muito contrária a propagada pelas correntes que defendem a tese de que a "nação rubro-negra" é imbatível.
 
EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!
 
Fonte: Blog Paixão da Gama (texto) / Netvasco.com.br (quando indicado) / Placar.com.br (quando indicado) / Reprodução (Imagem).

PRIMEIRO CAMPEONATO INVICTO DO VASCO.

Caros vascaínos, saudações.
Neste dia 30 de novembro de 2011, o VASCO DA GAMA comemora 87 anos do primeiro título estadual invicto de sua história.  Após vencer de forma brilhante, no ano de sua estréia na divisão especial do Rio, juntamente com todos os "grandes" clubes cariocas, o Campeonato Carioca 1923, o Time do Almirante foi impedido pelos "grandes" clubes da época de se filiar a Associação Metropolitana de Esportes Atléticos - AMEA, para as disputas do campeonato de 1924, sob alegação de ter jogadores profissionais, o que era proibido à época, mas o que na verdade deixava aquela turma surpresa era que vinham sofrendo derrotas humilhantes para o Vasco.
A forma encontrada pela AMEA, a liga racista do Rio de Janeiro, era de tentar excluir do time vascaíno, doze atletas negros, operários, podres e considerados analfabetos.
Neste momento histórico, o presidente do Vasco, Sr. José Augusto Prestes, envia à AMEA a carta de desistência de filiação que ficou conhecida como "Resposta Histórica", em um trecho da carta o presidente declara abertamente os motivos que levaram a associação a impedir a filização do Vasco: "...Quanto a condição de eliminarmos doze (12) jogadores das nossas equipes, resolve por unanimidade a diretoria do Club de Regatas Vasco da Gama, não a dever aceitar, por não se conformar com o processo por que foi feita a investigação das posições sociais desses nossos consócios, investigações levadas a um tribunal onde não tiveram nem representação nem defesa..."
Em outro trecho da carta, diz o presidente em defesa dos seus atletas: "... Estamos certos de que V. Exª será a primeira a reconhecer que seria um ato pouco digno de nossa parte sacrificar, ao desejo de filiar-se a AMEA, alguns dos que lutaram para que tivéssemos, entre outras vitórias, a do Campeonato de Futebol da Cidade do Rio de Janeiro de 1923. São 12 jogadores jovens, quase todos brasileiros, no começo de suas carreiras. Um ato público que os maculasse nunca será praticado com a solidariedade dos que dirigem esta casa que os acolheu, nem sob o pavilhão que eles, com tanta galhardia, cobriram de glórias."
A Carta está emoldurada no Salão de Troféus do clube, já que esse pode ser considerado como um feito histórico do Vasco.
Com a desistência de participar da Liga Racista, o Vasco permaneceu na Liga Metropolitana de Desportos Terrestres - LMDT, disputando o Campeonato Estadual por essa instituição.  Depois de dezesseis rodadas, o  VASCO DA GAMA venceu todas as partidas da competição, feito jamais igualado por clube algum no Rio de Janeiro.
A partida que consagrou o 1º Título Invicto da História do Vasco da Gama foi contra o Bonsucesso em 30/11/1924, vitória por 1 a 0, com o gol marcado pelo atacante Cecy. O artilheiro vascaíno foi Russinho que marcou 12 gols na campanha histórica.
Ao todo o Gigante da Colina ostenta 5 (cinco) títulos invictos do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro: 1924; 1945; 1947; 1949; e 1992.
O campeonato organizado pela AMEA foi um fracasso de público e renda, e para resolver o problema a associação convida o Vasco para se filiar e participar da competição no ano seguinte, sendo essa uma das maiores vitórias do clube em toda sua história.
Muitas glórias ao Gigante da Colina.
EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!
Jorge Luiz Alves Bezerra
Fonte: Blog Paixão da Gama (texto) / Netvasco.com.br/mauroprais (Time Bicampeão de 1923/1924).

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

VASCO: SIMPLESMENTE INESQUECÍVEL!

Caros vascaínos, saudações.
 
Não temos mais adjetivos para qualificar esse grupo do Vasco.
Como escreví na postagem anterior, é um grupo inesquecível, que ficará para sempre na memória do cruzmaltino e isso eles vem mostrando a cada partida, em cada declaração, e todos os gestos de amor e dedicação que cada um dos heróis que estão cobrindo de glórias a sagrada camisa cruzmaltina.
Confesso a todos os vascaínos nesse momento que jamais ví ou soube de um elenco de vascaínos tão dedicado e com tanta vontade de dar alegrias a nossa imensa torcida.
 
Saiba um pouco sobre o elenco de heróis vascaínos
 
Fernando Prass vem se destacando a cada lance. Fágner deixou para trás as contusões e vem contribuindo e muito na defesa e no apoio ao ataque. Dedé, o Mito, dispensa apresentações, um monstro na defesa. Renato Silva estava desacreditado e está entrando no trilhos do trem bala. Na lateral esquerda, devido está sem consistência, tem o revesamento do volante Jumar, que vem desempenhando muito bem sua função, e às vezes com o meia Felipe, o Maestro, que tem a proteção de Jumar quando atua na lateral. Os volantes Rômulo, Nilton, e Eduardo Costa sempre que entram também não comprometem o sistema defensivo.  No meio, o Reizinho Juninho Pernambucano supera todas previsões pessimistas de que ele não seria útil ao time. O maestro Felipe, que no início do ano vinha entre altos e baixos, começou a desequilibrar as partidas e até gol vem fazendo.  Diego Souza se mostra um jogador por vezes desligado, mas quando resolve jogar o time parece ganhar força. Bernardo é outro que sempre que está em campo incendeia o ataque, levando os adversários ao desespero. Chagando ao ataque, destacamos os gols decisivos de Alecsandro, que embora contestado parece ter estrela e sempre faz os gols na hora certa.  Élton também tem altos e baixos, mas vem fazendo gols e mostrando que pode sim ser decisivo. Leandro não tem entrados em campo muitas vezes, mas tem o sangue quente de um legítimo vascaíno. Éder Luís vinha muito bem com suas arrancadas pela direita, mas infelizmente sofreu uma fratura, mas sempre esteve bem no time.
 
Sem contar em  todos os outros atletas que fazem parte desse grupo de heróis que honram a sagrada camisa vascaína.
 
A temporada já pode ser considerada inesquecível, o elenco cruzmaltino pode ser levado nos ombros pela torcida vascaína mesmo que o time não consiga vencer mais nada no ano, esse grupo já superou todas as espectativas, o que vier a partir de hoje, dia 28 de novembro de 2011, será somente para coroar a dedicação e empenho dos jogadores e comissão técnica.
 
O clube passou por muitos problemas durante o ano.  No início da temporada sofreu com as derrotas para times de pequeno investimento, mas a diretoria buscou resolver os problemas de deficiência do grupo, e vieram jogadores de qualidade.  Logo depois de se acertar no Campeonato Carioca, o grupo mostrou força e determinação na Copa do Brasil conquistando um título inédito para o clube.  No Brasileirão, o time demorou um pouco para ingrenar, mas quando isso aconteceu, mesmo com os problemas com as arbitragens tendenciosas contra o time vascaíno, veio o problema de saúde do treinador Ricardo Gomes.  Quando todos pensava que isso poderia abalar o grupo, ele se fortalece, e passa a vencer os jogos dedicando ao técnico que graças ao bom Deus, segue bem com sua recuperação.  Recentemente a torcida vascaína perde um de seus maiores símbolos com a partida de Pai Santana, e nos últimos dias a fratura do atacante Éder Luís juntou-se a mais um motivo para esses heróis superarem mais ainda esse desafio.
 
UM ANO MÁGICO PARA O VASCO, COM INÚMEROS DESAFIOS A SUPERAR E UMA TORCIDA EM ESTADO DE GRAÇA.
 
Esse é o resumo do que é ser vascaíno em 2011.
 
Conclamo todos os torcedores, como diz o hino, de norte a sul desse país, para abraçar o time nessa semana decisiva, e levantar ainda esse grupo de super heróis cruzmaltinos.
 
Aplauda, grite, chore, vibre, pule, abraçe, xingue, acompanhe, assista, vá ao estádio, junte amigos, e torça muito pelo VASCO DA GAMA, esse time merece muito o apoio dessa imensa torcida.
 
Demontre sua paixão pelo Vasco como fez o inesquecível tricampeão de fórmula 1, Nelson Piquet (Foto), que fez questão de comemorar os 30 anos de sua primeira conquista com a Bandeira do Vasco em Interlagos (São Paulo).
 
EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!
 
Jorge Luiz Alves Bezerra
 
Fonte: Blog Paixão da Gama (Texto) / Ultradownloads.com.br (Imagem).

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

UM TIME INESQUECÍVEL DO VASCO!

Caros vascaínos, saudações.
 
Épico. Sensacional. Inesquecível. Gigantesco!
 
Mesmo juntando todos esses e mais tantos outros adjetivos, não podemos mensurar o que esse grupo de jogadores do Vasco da Gama estão fazendo nessa temporada.
 
Sim é um grupo de jogadores que honram de todas as maneiras as cores centenárias e vitoriosas do nosso Gigante da Colina.
 
E qual o motivo de estarmos colocando como um grupo e não um time? Simples, cruzmaltino, times existem muitos, milhares deles no planeta, mas um grupo unido, forte, determinado e comprometido somente um se destaca, o nosso grupo de vencedores vascaínos.
 
E não estamos falando somente dos jogadores, mas de todos que fazem o Vasco de hoje, passando pelo porteiro até o presidente.
 
Nos últimos anos tivemos uma enchurrada de problemas que quase levam o clube e sua torcida ao fundo do poço, mas estamos, ainda, num processo de revalorização da marca "Vasco da Gama", que sempre foi muito forte e está cada vez mais se agigantando.
 
Campeão da Copa do Brasil 2011, com vaga garantida na Taça Libertadores 2012, na liderança do Campeonato Brasileiro 2011, e semifinalista da Copa Sulamenricana, isso é estar acima de todos os demais clubes do país.
 
É chegada a hora de todos, sem distinção, de Norte a sul desse Brasil, como diz a letra do hino, de unir e levar nos braços esse clube e seus heróis rumo ao nosso melhor momento na história do esporte.
 
2011 já é um ano inesquecível, mas o vascaíno terá a oportunidade única de fazer de 2012 no maior de todos para o clube.  Taça Libertadores e Mundial à frente e a nossa Nau a todo pano, sem parar até a nossa maior conquista, fincando nossa bandeira para sempre na história do futebol.
 
Aposte nesse grupo de vascaínos, que incluímos toda a imensa torcida bem feliz, todos juntos, unidos e fortes, para escrever um capítulo inesquecível de nossa história.
 
EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!
 
Jorge Luiz Alves Bezerrra
 
SUPER PROMOÇÃO: Compre o LIVRO PAIXÃO DA GAMA com desconto especial e Frete Grátis* através de e-mail: jorge_luiz@crvasco.com.br
 
Fonte: Blog Paixão da Gama / Globoesporte.com (Imagem).

terça-feira, 1 de novembro de 2011

ADEUS AO ÍDOLO ETERNO, PAI SANTANA.

Pai Santana festejando título da Copa do Brasil 2011
Caros vascaínos, saudações.

A imensa torcida bem feliz do Club de Regatas Vasco da Gama perde neste dia 01 de novembro de 2011, um dos maiores símbolos e ídolo.

Eduardo Santana, o nosso PAI SANTANA, nos deixou.  Mas na memória dessa torcida gigante ele jamais será esquecido.

No Livro Paixão da Gama, que será lançado daqui a mais alguns dias, minha homenagem, que esperava escontrar esse grande vascaíno vivo e bem.

Transcrevo aqui, na íntegra, o trecho do livro que mostrar aos vascaínos uma pequena parte da vida desse herói cruzmaltino.

EDUARDO SANTANA


(Ex-massagista)

"Misto de bruxo e massagista, Pai Santana como ficou conhecido o folclórico personagem vascaíno, Eduardo Santana, é uma das personalidades cruzmaltinas que mais são lembradas pela torcida, mesmo após ter se afastado dos gramados do futebol.

Pai Santana nasceu em Andrelândia (MG), e chegou ao VASCO DA GAMA em 1954, e mesmo tendo identificação com o Gigante da Colina, por várias vezes foi defender algum clube da Arábia Saudita, ou a seleção brasileira. Mas no clube da Cruz de Malta foi que o massagista fez sua história.

Em um momento de gratidão ao seu clube de coração disse: “Se Deus disser que é mais vascaíno do que eu vai dar briga muito boa”.

Um de seus “trabalhos” que ficaram mais famosos foi realizado depois das finais do Campeonato Carioca 1974, quando, vestido de branco, Pai Santana acende velas no gramado do Maracanã, segundo ele, para agradecer aos orixás pelo título brasileiro do VASCO DA GAMA.

Apesar das seqüelas de um Acidente Vascular Cerebral – AVC em 2006, que colocaram o ídolo cruzmaltino em uma cadeira de rodas, Pai Santana ainda encontra disposição para, de vez em quando, ir ao Estádio de São Januário, matar as saudades."

Fique com Deus e que todas as alegrias que você nos deu nos gramados, no simples gesto de colocar a bandeira do Vasco no gramado e beijá-la, seja eterno como você será para toda a torcida vascaína.
 
Saudações Vascaínas,
 
Jorge Luiz Alves Bezerra
Autor do Livro
 
Fonte: Blog Paixão da Gama (Texto) / Paulo Sérgio - Lance! (Imagem).

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

CONFIRA TRECHO INÉDITO DO LIVRO PAIXÃO DA GAMA.

Caros vascaínos, saudações.

Estamos cada vez mais próximos do lançamento do LIVRO OFICIAL PAIXÃO DA GAMA, no Rio de Janeiro e em minha cidade de Mossoró (RN).
A obra é a mais completa do VASCO DA GAMA, devidamente oficializado pelo clube.
Com uma riqueza de detalhes impressionante, contamos toda a maravilhosa do clube, fartamente ilustrado e com uma linguagem simples e direta.
Fruto de um trabalho exaustivo de pesquisa de mais de cinco anos, essa obra vai marcar na vida de cada vascaíno, que passará a ter em suas mãos toda a história do clube, em detalhes, e de forma permanente.

Confiram um trecho inédito do livro.


PRÉ-VENDA EXCLUSIVA COM FRETE GRÁTIS E DESCONTO ESPECIAL (*)

Estamos colocando o livro em pré-venda, com frete grátis(*) e desconto especial para os vascaínos que realizarem a compra pelo e-mail jorge_luiz@crvasco.com.br

COMPRE JÁ O SEU EXEMPLAR DESSA OBRA HISTÓRICA.

EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!

Jorge Luiz Alves Bezerra
Autor do Livro

Site oficial: http://www.paixaodagama.blogspot.com/
Twitter Oficial: www.twitter.com/paixaodagama
Facebook Oficial: www.facebook.com/paixaodagama

Fonte: Blog Paixão da Gama (Texto) / Issu.com/paixaodagama (Trecho do Livro).

sábado, 3 de setembro de 2011

FESTA DE 5 ANOS DA GDA.

Caros vascaínos, saudações.
 
Neste domingo, dia 04 de setembro, a Guerreiros do Almirante - GDA, comemora com grande festa seus 5 anos de amor infinito ao nosso amado VASCO DA GAMA, completados no último dia 16 de agosto.
 
Para comemorar essa data a GDA convoca todos os guerreiros para a festa, veja todos os dados abaixo:
 
Data: 04/09/2011 (Domingo)
Local: Quadra da Unidos da Tijuca (Av. Francisco Bicalho, 47)
Horário de início: 13h00m .

INGRESSOS:

Masculino: R$ 10,00
Feminino: R$ 5,00

- Na hora
Masculino: R$ 15,00
Feminino: R$ 10,00

Camarotes para 12 pessoas: R$ 200,00 (além do ingresso)

COMPREM NOS PONTOS DE VENDAS:
- Bar dos Guerreiros (Em frente as sociais)
- Stand de Vendas (Na Arquibancada)
- Vasco Boutique (Loja do Vasco nas sociais)
- Nação Cruzmaltina (Loja do Vasco em Niterói)

Canecas: Estamos vendendo canecas da FESTA ao valor de R$ 10,00.

PRESENÇAS CONFIRMADAS:
Mc Charles
Bateria da Unidos da Tijuca
e muito mais...

- CANECA:

Um abraço a todos e saudações vascaínas.
 
JORGE LUIZ Alves Bezerra

domingo, 21 de agosto de 2011

DIA DO VASCO - 113 ANOS DE GLÓRIAS.

Caros Vascaínos, Saudações.
 
Hoje, dia 21 de agosto, toda torcida vascaína comemora os 113 anos de fundação e o Dia do Vasco, instituído pelo Governador do Rio de Janeiro em 2007.
 
Pela primeira vez em vários anos toda a imensa torcida bem feliz do VASCO DA GAMA comemora o aniversário do clube com a certeza de que o Gigante da Colina pode estar vivendo uma fase de títulos e conquistas.
 
O presidente Roberto Dinamite foi reeleito para mais três anos de mandato, o time profissional está bem colocado na classificação do Campeonato Brasileiro, mesmo tendo conquistado o título inédito da Copa do Brasil, e nos vários setores do clube são observados melhorias, sejam em estruturas físicas ou financeiras.
 
O primeiro mandato do ídolo Dinamite à frente do clube foi de muita turbulência, mas torcida e clube se uniram em torno um único ideal, e com isso o clube foi vencendo desafios e ultrapassando as dificuldades.
 
O clube vive uma nova era, um momento importante de afirmação e consolidação do trabalho de recuperação.
 
Parcerias de sucesso com Brahma, Penalty, Iquine, Visa e várias outras empresas transformaram o Complexo Esportivo de São Januário e deram modernidade as estruturas do estádio.  Vestiários, Sala de Musculação, Arquibancadas, e vários outros setores foram remodelados e reformados.
 
Administrativamente o clube vem dando prova de que um ídolo e ex-jogador pode ser um dirigente de sucesso.  A diretoria do VASCO DA GAMA conseguiu unir e reunir milhões de cruzmaltinos em volta do clube e essa união fez com o gigante adormecido voltasse com força total.
 
A história do Clube da Cruz de Malta nos mostra várias reviravoltas e muitos exemplos de superação contra os preconceitos e perseguições sofridas por sua torcida ou seus atletas.  Essas perseguições começaram logo no começo de sua existência, e hoje, mesmo de forma velada, existe.  Mas clube e torcida sempre superaram tudo isso e demonstraram ao longo dos anos que o VASCO DA GAMA é uma instituição que não se abala com esse problemas.
 
A conquista da Copa do Brasil vai levar o VASCO DA GAMA de volta a Taça Libertadores em 2012, sendo essa uma oportunidade de o clube mostrar ainda mais, a toda sua torcida, que pode superar a melhor fase de sua história entre 1996 à 2000, quando conquistou dois campeonatos brasileiros e dois torneios sulamericanos.
 
PARABÉNS A TODOS  OS VASCAÍNOS ESPALHADOS POR TODO O MUNDO PELOS 113 ANOS DE SUCESSO DO CLUB DE REGATAS VASCO DA GAMA.
 
EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!
 
JORGE LUIZ ALVES BEZERRA
 
Fonte: Blog Paixão da Gama (Texto) / Blog Torcedor Vascaíno (Imagem).
 
RESERVE SEU EXEMPLAR DO LIVRO PAIXÃO DA GAMA pelo site: http://paixaodagama.blogspot.com/p/reserve-seu-livro.html 

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

SOB A PROTEÇÃO DE NOSSA SENHORA DAS VITÓRIAS.

Caros vascaínos, saudações.
 
Nesta dia 15 de agosto, comemoramos 56 anos da inauguração da Capela de Nossa Senhora das Vitórias, padroeira do CLUB DE REGATAS VASCO DA GAMA.
 
Instalada atrás do gol à esquerda da tribuna de honra do Estádio de São Januário, a Capela foi mais uma obra erguida pela determinação da diretoria juntamente com o apoio de todos os torcedores do clube.
 
Mas o culto a Mãe do Cristo no VASCO DA GAMA remonta o ano de 1923, quando o time de futebol estreava na elite do futebol carioca, conquistando o primeiro campeonato junto aos grandes clubes da época.  Visto como um clube de negros, pobres e operários analfabetos, o time dos Camisas Pretas foram vencendo seus jogos e mostrando a burguesia da capital federal, o Rio de Janeiro, que o esporte era para todos.
 
Durante as partidas, o então presidente do Clube do Almirante, Antônio da Silva Campos, distribuía aos jogadores cruzmaltinos, medalhas de Nossa Senhora das Vitórias, sendo motivo de orgulho dos atletas do clube.
 
Como todos sabemos, o clube foi discriminado e perseguido pelos dirigentes da Associação Metropolitana de Esportes Atléticos - AMEA, e impedido de disputar o Campeonato Carioca de 1924 pela nova entidade, criada para excluir os jogadores negros e pobres do clube.
 
Coube ao presidente José Augusto Prestes, a honra de mandar redigir a RESPOSTA HISTÓRICA, o documento mais contundente contra o racismo no Brasil, e sem precedentes no mundo esportivo.
 
O VASCO DA GAMA abdicou do direito de disputar o Campeonato, já que a imposição da associação era o de excluir dos seus quadros 12 (doze) atletas negros e mulatos do time.
 
O VASCO DA GAMA sempre foi e sempre será um clube abençoado por Deus, e protegido de Nossa Senhora, a mãe de todos nós, pelo simples motivo de ser um clube genuinamente cristão.  O clube tem laços estreitos com as tradições católicas, mas acolhe todos os filhos de Deus em um só coração.
 
Demos graças ao Senhor nosso Deus, e pedimos sempre a proteção de Nossa Senhora das Vitórias, para todos os nossos atletas, dirigentes, e torcida.
 
EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!
 
JORGE LUIZ ALVES BEZERRA
 
Fonte: Blog Paixão da Gama (Texto) / SempreVasco.com (Capela N Sra. Vitórias) / Portal do Vasco (Camisa Cruz de Cristo - Divulgação).
 

terça-feira, 2 de agosto de 2011

CHAPA DE DINAMITE VENCE ELEIÇÕES NO VASCO.

Caros vascaínos, saudações.
 
Hoje é dia 3 de agosto de 2011, e sendo uma data especial para mim que completo mais um ano de vida, a data se tranforma em um dia festivo para toda a Imensa Torcida Bem Feliz do VASCO DA GAMA.
 
Às 00:07 minutos foi proclamada a vitória da Chapa " O Sentimento tem de continuar ", que tem como candidato à reeleição ao cargo de Presidente do clube da Cruz de Malta, o eterno ídolo Roberto Dinamite.
 
As eleições do VASCO DA GAMA foram as mais tranquilas dos últimos dez anos ou até mais.  Não tivemos as confusões de última hora, os atropelos de candidatos tentando tumultuar, e tampouco cabos eleitorais coagindo eleitores e imprensa.
 
Foi uma clara demonstração de que o clube vive um momento único em sua história recente, com a grande maioria de torcedores sendo respeitada tanto por parte dos candidatos de situação quanto de oposição.
 
Parabenizamos todos os que estiveram envolvidos direta e indiretamente com o pleito, que transcorreu com a maior clareza, e que poderá e será lembrada por todos que estiveram em São Januário durante todo o dia.
 
Parabenizamos, também, a atual diretoria, que tem a frente Roberto Dinamite, que soube ultrapassar um período de tormentas jamais visto no caminho do Clube do Almirante, sempre com a finalidade, cada vez mais, trazer o clube para mais próximo do seu torcedor.
 
A Nau Vascaína segue seu rumo em busca de sua maior conquista, e no próximo ano teremos uma oportunidade rara em nossa história.
 
A nova conquista da América e em consequência o Mundial Interclubes da Fifa, o sonho de todo vascaíno.
 
Seguiremos em frente, sempre apoiando o VASCO DA GAMA acima de qualquer pessoa.
 
Nos utilizamos de uma frase de muita felicidade de Antônio Soares Calçada: "Não me importam as pessoas, me importa o VASCO! ...".  E esse é o sentimento de todo vascaíno, as pessoas passam e o clube é eterno.  Dinamite será sempre o maior ídolo do clube e está no cargo máximo do clube cumprindo seu mandato de forma correta.
 
Temos muito o que melhorar, mas um clube com os problemas graves pelo qual passa não tem como resolver tudo instantâneamente.  Muitas ações serão implementadas, e problemas serão deixados para trás.  A torcida tem uma parcela grande de responsabilidade nesse processo.  Acompanhar tudo o que está acontecendo, sugerir soluções, solicitar medidas e estar junto do clube são ações que todo torcedor vascaíno, esteja perto ou distante, tem de assumir.
 
Apoiar os atletas, seja do futebol ou do Subbuteo, é o primeiro dever do Cruzmaltino.  Não importa qual a posição no ranking, na tabela, ou na quadra.  Temos de cobrar também, mas temos de fazer as cobranças no momento certo, sem comprometer o ambiente, e sem que algumas pessoas sejam atingidas sem que tenham a responsabilidade de resolver o problema.
 
A evolução do Clube como um todo é evidente, e teremos mais três anos de avanços, esse é o desejo de toda torcida vascaína.
 
PARABÉNS DINAMITE, E PARABÉNS A TODA TORCIDA VASCAÍNA EM TODO BRASIL!
 
EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!
 
JORGE LUIZ Alves Bezerra
 
Fonte: Blog Paixão da Gama (texto) / Portal do Vasco - Marcelo Sadio (Imagem).

quarta-feira, 18 de maio de 2011

VAMOS APOIAR O VASCO DO INÍCIO AO FIM.

Caros vascaínos, saudações.
 
Hoje, dia 18 de maio de 2011, o VASCO DA GAMA começa a decidir contra o Avaí (SC) a vaga para as finais da Copa do Brasil 2011.
 
O clima entre os vascaínos é de muito otimismo, euforia até.  E não é para menos. Nos últimos anos o clube amargou insucessos em sequência pelos mais diversos motivos.
 
Política, finanças, time medíocre e vários problemas causados pelos inimigos do clube, foram essenciais para que o time não conseguisse conquistar títulos de expressão desde 2001.
 
Mas o Gigante da Colina está em ascensão.  O clube respira outros ares, com muitos dos problemas financeiros criados por administrações passadas, sendo equacionados.  Mas esse processo demanda tempo e esse tempo eleva os ânimos contra a atual diretoria. Normal, mas temos de ficar alertas contra os "inimigos vascaínos" que rondam o clube.
 
O time do VASCO DA GAMA, segundo os jornalistas que acompanham o clube, é o mais competitivo dos últimos anos e isso é uma verdade que ninguém pode contestar.
 
Os jogadores tem de ter tranquilidade para decidir nessas duas partidas contra o time Avaiano, e nesse ponto a torcida tem um papel muito importante.  Deixemos os jogadores atuar sem qualquer pressão.  Eles tem de estar bem para poderem jogar e fazer o melhor dentro de campo.
 
VAMOS APOIAR DO INÍCIO AO FIM.
 
Vamos cantar, gritar, aplaudir, e guardar as vaias para os rivais.
 
EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!
 
JORGE LUIZ
 
Fonte: Blog Paixão da Gama /

domingo, 8 de maio de 2011

CAPITÃO ALCIR PORTELA DO VASCO.


Alcir Portela recebe taça de Campeão Brasileiro 1974

Caros vascaínos, saudações.

No dia 09 de maio de 1944, nascia no Rio de Janeiro (RJ), Alcir Pinto Portela Prates, ou como a imensa torcida vascaína o conhecia, ALCIR PORTELA.

A vida profissional de Alcir Portela se confunde com a trajetória cruzmaltina de 1963, quando chegou ao VASCO DA GAMA até de seu falecimento em 2008.

Jogando como cabeça-de-área, o jogador foi o capitão do time da Cruz de Malta durante dez anos, e foi o primeiro vascaíno a erguer uma taça de Campeão Brasileiro em 1974, sendo que na final que deu o título do VASCO DA GAMA, foi Alcir Portela que fez o lançamento em profundidade para o Atacante Jorginho Carvoeiro fazer o gol do título.

Sua última partida oficial foi em 14 de agosto de 1975, em Botafogo 0 x 2 Vasco, pelo Campeonato Carioca 1975.

Foi, também, o único a participar de todas os quatro títulos brasileiros do VASCO DA GAMA, como jogador em 1974, e como auxiliar técnico em 1989, 1997, e 2000.

Como se não bastasse sua dedicação em campo, quando encerrou a carreira passou a integrar a comissão técnica do time de futebol, e sempre que era convocado, assumia o cargo de treinador para substituir algum técnico demitido.

Durante algumas dessas substituições, foi responsável por levar o time a conquistas que talvez nem os próprios torcedores acreditassem.
Jorge Luiz (PaixãodaGama) com Alcir Portela em 2005.

Alcir Portela conquistou como treinador o Tricampeonato do Troféu Ramon de Carranza 1989, e a Taça Guanabara 1990.

Considerado por muitos torcedores como um patrimônio do clube, Alcir Portela faleceu em 29 de agosto de 2008 e teve, em seu velório, uma bandeira do VASCO DA GAMA sobre seu esquife.

HOMENAGEM DO BLOG AO PRIMEIRO CAPITÃO VASCAÍNO, CAMPEÃO BRASILEIRO, ALCIR PORTELA, PATRIMÔNIO DO VASCO.

EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!

JORGE LUIZ Alves Bezerra

Fonte: Blog Paixão da Gama (texto e foto com Alcir) / Blog Mais Memória (Alcir com troféu brasileiro 1974).

quinta-feira, 28 de abril de 2011

VEJAM TRECHO DO LIVRO PAIXÃO DA GAMA.

Caros vascaínos, saudações.

O Livro Paixão da Gama, A Maravilhosa História do Vasco, está na fase final de edição e em breve estará disponível para toda a Imensa Torcida Bem Feliz do Gigante da Colina.

Confiram trecho do Livro que se tornará na obra mais completa sobre o VASCO DA GAMA, desde sua fundação, em 1898.


Acompanhem mais informações sobre o livro no Blog Paixão da Gama ou através de www.twitter.com/paixaodagama

EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!

JORGE LUIZ Alves Bezerra

FONTE: Blog Paixão da Gama (Texto) / Issuu.com/paixaodagama (Publishing).

quarta-feira, 20 de abril de 2011

ESTÁDIO SÃO JANUÁRIO FAZ 84 ANOS.

Caros vascaínos, saudações

Em 21 de abril de 1927, o Club de Regatas Vasco da Gama inaugurava o maior estádio esportivo sulamericano, o ESTÁDIO DE SÃO JANUÁRIO, há exatos 84 anos.

Com o nome oficial de Estádio Vasco da Gama, São Januário teve sua pedra fundamental lançada em 6 de junho de 1926, e onze meses depois os torcedores vascaínos receberam com muita festa, a Colina Histórica.

Mas o estádio nasceu da perseguição imposta aos cruzmaltinos pelos chamados clubes da elite carioca, que em 1924 impuseram ao clube a condição de excluir doze atletas do seu elenco, e de ter um estádio, para ser aceito na Associação Metropolitana de Esportes Atléticos – AMEA.

A primeira condição foi veementemente negada pelo presidente vascaíno na Carta conhecida como "Resposta Histórica", e na condição de ter um estádio "decente" para mandar seus jogos foi momentaneamente resolvida com o aluguel do Estádio da Rua Morais e Silva.

Mas o VASCO DA GAMA não se acomodou, como os demais clubes, e lançou a Campanha dos Dez Mil, e começou a arrecadar fundos para a compra de um terreno e a construção do estádio próprio.  Ao final da campanha, o clube conseguiu os recursos para adquirir o terreno que, segundo historiadores, pertenceu a Marquesa de Santos, amante do imperador Dom Pedro I, e para iniciar as obras de construção do estádio.

O jogo inaugural foi disputado entre VASCO DA GAMA e Santos (SP), com o placar terminando em 5 a 3, cabendo o primeiro gol no novo estádio ao santista Evangelista, e o primeiro gol vascaíno foi marcado por  Negrito.

O Estádio de São Januário resiste ao tempo e se tornou em um dos maiores orgulhos da torcida cruzmaltina, abrigando vários departamentos do clube.

Ao longo dos anos foram construídos no estádio vários equipamentos: O Parque Aquático, Capela de Nossa Senhora das Vitórias, Ginásio Poliesportivo, Ginásio Forninho, Escola Vasco da Gama, Departamento Infanto Juvenil, Hotel Concentração do Almirante, Salão de Troféus, dentre outras obras.

Foram realizados vários eventos extra-futebol no estádio, nos anos de 1943 e 1946, os desfiles de escolas de samba do Rio de Janeiro, apresentações de corais regidos pelo maestro Heitor Villa-Lobos, e nas comemorações do 1º de maio de 1943, o presidente Getúlio Vargas promulgou as Leis Trabalhistas. 

Em 30 de abril de 2002, foi escolhido como o sétimo melhor estádio do planeta, atrás somente do Camp Nou (Espanha), Giuseppe Meazza (Itália), La Bombonera (Argentina), Ibrox Stadium (Escócia), Stamford Bridge (Inglaterra) e Olímpico de Munique (Alemanha).  A pesquisa foi realizada pelo Travel Channel, canal de televisão americano especializado em turismo.

Mais recentemente, em 20 de julho de 2010, o Estádio de São Januário foi o escolhido pelo Comitê Olímpico Internacional – COI, para sediar os jogos de rúgbi, durante as Olimpíadas de 2016, que serão disputadas no Rio de Janeiro.

Nos últimos anos, durante a gestão do presidente Roberto Dinamite, o estádio foi amplamente remodelado, e firmou várias parcerias para reformas em suas instalações, que permanecem até o presente momento.

O ESTÁDIO DE SÃO JANUÁRIO É O MAIOR ORGULHO DA IMENSA TORCIDA BEM FELIZ DO VASCO.

EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!

JORGE LUIZ Alves Bezerra

Fonte: Blog Paixão da Gama (Texto) / Supervasco.com  (Estádio São Januário com nova pintura

segunda-feira, 18 de abril de 2011

BLOG PAIXÃO DA GAMA HOMENAGEIA O REI ROBERTO CARLOS.

Caros vascaínos, saudações

Neste dia 19 de abril o maior ídolo da música brasileira comemora os seus 70 anos de vida. 

Roberto Carlos nasceu em 1941, na cidade de Cachoeiro de Itapemirim, no estado do Espírito Santo, e já aos nove anos de idade começou a cantar em programa infantil na Rádio AM  Cachoeiro do Itapemirim.

Segundo Roberto Carlos, no "Livro Roberto Carlos em detalhes", que teve sua publicação proibida, declara que aos oito anos de idade passou a ser vascaíno, disse ele: "(...)Passei a ser VASCO e nunca mais deixei(...)".

Como já fazia sucesso, em 1955 foi passar férias na casa de sua tia na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, e participou de vários programas de calouros.  Resolveu, então, permanecer no Rio de Janeiro para tentar a sorte nos programas de Rádio da Capital federal.

Nessa época começaram a surgir os primeiros sucessos de Bill Halley e seus cometas, um ritmo alucinante que depois seria batizado de Rock and Roll, com os maiores sucessos da nova febre surgindo na voz de Elvis Presley, Litle Richard, e Chuck Berry.

O jovem Roberto Carlos ficou maravilhado com as bandas de Rock que surgiram e resolveu ingressar na The Sputnik, banda criada com o amigo Tim Maia, com o nome inspirado no satélite artificial lançado pelos Russos em 1957.

O sucesso de Roberto Carlos chegou aos festivais de música e aos programas de rádio e televisão, e ele forma com Wanderléia e Erasmo Carlos o trio que comandava o programa Jovem Guarda, da Tv Record, alcançando os maiores índices de audiência na televisão brasileira.

Seus maiores sucessos são: Detalhes, Amante a moda antiga, Rotina, Calhambeque, Emoções, Amor sem limites, Amor Perfeito, Outra vez, A distância, dentre uma infinidade de sucessos em mais de 50 anos de carreira.

Em 2010, o REI demonstrou mais uma vez sua paixão pelo VASCO DA GAMA no Especial gravado para comemorar sua carreira repleta de muitos sucessos, e no programa declara: "Todos sabem que sou VASCO".

PARABÉNS AO REI, PELA VASCAINIDADE, POR TODOS OS ANOS DE SUCESSOS E POR SUA INTEGRIDADE MORAL.

EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!

JORGE LUIZ Alves Bezerra

Fonte: Blog Paixão da Gama (Texto) / Globo.com  (Roberto com camisa sagrada do Vasco).

sexta-feira, 15 de abril de 2011

O MAIOR PRESIDENTE VASCAÍNO.

Caros vascaínos, saudações

Neste sábado, dia 16 de abril, comemoramos o aniversário  do maior presidente que o VASCO DA GAMA já teve, em mais de cem anos de história de glórias, conquistas e vitórias.

Antônio Soares Calçada nasceu em 1924, de família portuguesa e desde sempre foi um vascaíno presente na vida do VASCO DA GAMA.

Seu primeiro cargo no clube foi o de Vice-presidente de futebol em 1955/1956, nessa época fez uma proposto ao Santos Futebol Clube para trazer o jovem Pelé, em início de carreira, para o VASCO DA GAMA,  em 1959, assumiu o cargo de Diretor de Tênis de Mesa.  Voltou ao cargo de Vice-presidente de futebol em 1964, e assumiu o cargo novamente entre 1980 e 1982.

Mas Calçada chegou ao cargo máximo do clube em 1983, vencendo várias eleições consecutivas e permanecendo no  cargo até 2000.

O período em que Calçada esteve no cargo de presidente do Clube da Cruz de Malta foi o mais vitorioso da história cruzmaltina e de maior duração de um presidente do clube.

Entre os anos de 1983 e 2000, em que foi presidente do clube, conquistou os títulos:

  • Campeão da Taça Libertadores da América 1998;
  • Campeão da Copa Mercosul 2000;
  • Campeão Brasileiro de Futebol 1989, 1997, 2000;
  • Campeão Estadual de Futebol 1982, 1987, 1988, 1992, 1993, 1994, 1998;
  • Campeão da Liga Sul-Americana de Basquete 1999, 2000;
  • Campeão Sul-Americano de Basquete 1998, 1999;
  • Campeão Estadual de Remo 1998, 1999, 2000;

Dentre muitos outros títulos em diversas modalidades esportivas praticadas por atletas vascaínos.  Em 2000 recebeu do clube o título de Presidente de Honra, por todos os anos de dedicação incondicional ao clube.

PARABÉNS PRESIDENTE CALÇADA, O MAIOR PRESIDENTE DO VASCO EM TODOS OS TEMPOS.

EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!

JORGE LUIZ Alves Bezerra

Fonte: Blog Paixão da Gama (Texto) / Netvasco.com.br (Calçada na sala de troféus).

quarta-feira, 13 de abril de 2011

HOMENAGEM DO BLOG AO ETERNO ÍDOLO DINAMITE.

Caros vascaínos, saudações.

Neste dia 13 de abril vamos parabenizar nosso maior ídolo e atual presidente do VASCO DA GAMA, Carlos ROBERTO DINAMITE de Oliveira, nascido em Duque de Caxias, no estado do Rio de Janeiro, em 1954.

Descoberto por Gradim, olheiro do Vasco, nos campos de peladas dos subúrbios, chegou ao Clube da Cruz de Malta em 1969, já com 15 anos.  Convidado a treinar nas categorias de base, passou para o time juvenil rapidamente.
Em 1970 foi o destaque do clube no Campeonato Carioca Juvenil tornando-se artilheiro do clube pela primeira vez, com 10 gols.  No ano seguinte foi o artilheiro da competição, com 13 gols.

No ano de 1971 chegava ao time profissional, com o aval do treinador Admildo Chirol, e em 14 de novembro fez sua estréia no Campeonato Brasileiro.  O apelido Dinamite surge no Jornal dos Sports, criado por Eliomário Valente e Aparício Pires, quando no dia anterior a partida contra o Atlético Mineiro, o jovem artilheiro acerta um chute de longe e a bola carimba a trave com força, na redação os jornalistas comentam que o garoto tinha dinamite no chute e o Jornal dos Sports estampa na primeira página: "Vasco escala garoto-dinamite".
Contra o Internacional (RS), o gol do artilheiro vascaíno, de longa distância, estampa novamente a primeira página do Jornal dos Sports, com a manchete: "Garôto-dinamite explodiu".   O apelido explosivo acompanha o atacante cruzmaltino por toda sua carreira e vida  pessoal.

O menino Dinamite ganha cada vez mais musculatura e se torna em um atacante de muita força e garra, ganhando sempre as divididas e na base da disposição deixa os marcadores para trás, marcando cada vez mais gols.

A consagração do artilheiro veio em 1974, levando o VASCO DA GAMA ao primeiro título de Campeão Brasileiro e terminando o campeonato como artilheiro com 16 gols.

Negociado com o Barcelona (Espanha) em 1980, deixou a torcida com saudades de suas arrancadas fulminantes rumo do gol adversário, mas o destino quis que o ídolo vascaíno retornasse ao time do almirante menos de quatro meses após sua saída.  E o destino iria presentear o artilheiro com uma exibição digna dos maiores jogadores do mundo.

Na partida de reencontro com a torcida vascaína, em 5 de maio de 1980, contra o Corinthians (SP), Roberto Dinamite marca os cinco gols da goleada cruzmaltina, e responde aos dirigentes espanhóis e a toda imprensa brasileira.

O artilheiro ficou no VASCO DA GAMA até 1989, quando novamente foi negociado, dessa vez com a Portuguesa (SP), e fez na época uma partida contra seu clube de coração, a ao sair do gramado, disse: "Gostaria que esse dia jamais tivesse acontecido".

Logo depois, em 1991, jogou pelo Campo Grande (RJ), com outros jogadores famosos como Cláudio Adão, e Elói.

No final de carreira, retornou novamente ao clube do Almirante em 1992, e ao lado de jovens jogadores do clube, e com o Campeonato Carioca sendo disputado inteiramente em São Januário devido a interdição do Maracanã, tornou-se Campeão Carioca Invicto, encerrando sua carreira com atuações que lembravam seus tempos de artilheiro.

O VASCO DA GAMA resolve fazer um jogo de despedida em 1993, e convida o time do La Coruña (Espanha), que tinha no elenco Bebeto, Mauro Silva, e Donato.  O ídolo vascaíno convidou também o maior ídolo rubro-negro, Zico, que para desespero de sua torcida vestiu a Sagrada Camisa Vascaína.

Num jogo marcado pela emoção da despedida e deixando na torcida cruzmaltina com muitas saudades de seus gols, o ídolo Roberto Dinamite deixou os gramados e ingressou na política.

Eleito para o cargo de Vereador pela cidade do Rio de Janeiro em 1992, logo depois, em 1994 foi eleito ao cargo de Deputado Estadual.   Entre seus projetos, o que criou o Dia do Vasco, em 2007, numa parceria com o deputado Glauco Lopes.

Por duas vezes tentou chegar ao cargo de presidente do VASCO DA GAMA, em 2003 e 2006, mas após ser derrotado, denunciou irregularidades nas eleições do clube à Justiça e com a morosidade e a burocracia, não conseguiu seu intento.    Em 2008, as eleições de 2006 foram anuladas pela justiça e remarcadas para o mês de Junho, e no dia 21, Roberto Dinamite chegava ao cargo máximo do clube, assumindo em 01 de julho de 2008.

Mas o ídolo teria de passar por uma provação jamais imposta a um dirigente vascaíno, o descenso.  Com uma herança de dívidas astronômicas e muitos problemas financeiros e políticos cercando o clube, o VASCO DA GAMA agonizava e precisava urgentemente de uma gestão que retomasse a credibilidade abalada por anos de desmandos e incompetências administrativas.

Roberto Dinamite devolve o clube à Elite do Futebol, coloca na administração profissionais de prestígio como o publicitário Fábio Fernandes e Marcos Blanco, e o Diretor de Futebol Rodrigo Caetano, e o clube ganha uma nova cara, passando a ter mais visibilidade e acima de tudo credibilidade.  Com a gestão profissional, o Clube consegue patrocínios que condizem com sua tradição.
Chegaram os patrocínios da Eletrobrás, Penalty, Brahma, Bando BMG, Ale Combustíveis, Tintas Iquine e vários outros parceiros que ajudam o clube a equilibrar suas finanças e manter a folha salarial em dia.

O presidente e ídolo eterno Roberto Dinamite merece todos os méritos de ter elevado o clube ao patamar que está hoje, e sabemos que com ele na presidência, teremos muitos títulos para conquistar nos próximos anos.

PARABÉNS ROBERTO DINAMITE, PELOS TÍTULOS, GLÓRIAS, CONQUISTAS E PELA RECUPERAÇÃO DA MARCA VASCO.

EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!

JORGE LUIZ Alves Bezerra

Fonte: Blog Paixão da Gama (texto) / Blog O Sentimento Não Para (Imagem).

terça-feira, 12 de abril de 2011

CHICO ANYSIO, 80 ANOS DE VASCAINIDADE.

Caros vascaínos, saudações.
Um gigante na arte de fazer rir, a frase é uma confirmação da grandiosidade do talento de Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho, simplesmente chamado de Chico Anysio, que neste dia 12 de abril comemora seus 80 anos de vida.
Chico é um artista que sempre atuou em várias áreas, principalmente como humorista, ator, dublador, escritor, roteirista, compositor e pintor.   Nasceu na cidade de Maranguape, no estado do Ceará, e mudou-se com a família para o Rio de Janeiro com oito anos de idade.  Começou na Rádio Guanabara como comentarista de futebol e radioator, mas foi com a televisão na década de 1950 que o talento do artista começaria a se evidenciar dos demais artista de sua época.
Estréia em 1957 na Tv Rio e não parou mais de criar seus personagens, no programa de maior audiência, o Chico Anysio Show, a consagração, com mais de 200 tipos criados, passou a ser cosiderado como o comediante mais completo de nossa televisão.
Os personagens criados por Chioco Anysio estão na memória popular: Azambuja; Coalhada; Alberto Roberto, Bento Carneiro, Bozó, são alguns deles.
Vascaíno de coração e alma, Chico Anysio não deixa de lembra de clube e mesmo depois de ficar internado por quase quatro meses devido a complicações decorrentes de uma pneumonia, o humorista, ao sair do hospital, pediu a amigos e familiares que o informasse de como o VASCO DA GAMA estava.  Uma comprovação desse fato foi divulgado pela imprensa: "Assim que chegou em casa, o primeiro pedido de Chico foram os cadernos de esporte para saber notícias do Vasco", contou Malga, esposa do artista.
Em 2009, Chico Anysio deu mais uma demonstração de amor ao clube, e dedicou um show em prol da Associação Amigos do Vasco - AAV, criada para ajudar o clube.
Se recuperando de problemas de saúde, esse vascaíno, masmo nas horas difíceis, apoiou o clube.
Parabéns pelos seus 80 anos de vida, e que nos brinde com seu humor e seus personagens por muito tempo.
Parabéns Chico, parabéns ao Vasco por tê-lo como torcedor cruzmaltino.
EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!
JORGE LUIZ Alves Bezerra
Paixãodagama
Fonte: Blog Paixão da Gama (Texto) / Blog O Sentimento não para (Imagem) / Youtube.com (vídeo)

segunda-feira, 11 de abril de 2011

HOMENAGEM AO ROUPEIRO SEVERINO E A TIA AIDA.

Caros vascaínos, saudações.
Neste dia 11 de abril de 2011, destacamos dois personagens da história vascaína que nos dão orgulho de tê-los como cruzmaltinos.
 
SEVERINO BAPTISTA DE MELO

Exatamente neste dia em 1927, nascia no estado da Paraíba, Severino Baptista de Melo, ou "Seu Severino", como é chamado carinhosamente por todos no clube, sendo hoje o funcionário mais antigo do VASCO DA GAMA, com 57 anos de clube.
Severino chegou ao clube do almirante em 1954,  e presenciou muitas glórias e conquistas do clube ao longo de mais de meio século de dedicação a instituição.  Teve a honra de acompanhar o surgimento de grandes ídolos vascaínos, e conviveu de perto com Ademir Menezes, Roberto Dinamite, Romário, Edmundo entre muitos outros.   Considerado como um patrimônio vivo do clube, Severino sofreu um aneurisma no ano passado que o afastou de suas funções por algum tempo, mas logo que se restabeleceu fez questão de voltar ao local de trabalho.
Parabéns ao "Seu Severino", por todos esse anos de dedicação e amor ao VASCO DA GAMA e que esteja sempre firme e forte para alegria de toda torcida vascaína.
AIDA DE ALMEIDA
Homenageamos, também, Tia Aida, fundadora da Torcida Organizada do Vasco - TOV, a mais antiga torcida organizada do Rio de Janeiro, oficialmente fundada em 07 de março de 1944, mas que começou nas sociais do Estádio de São Januário em 1942.

Tia Aida faleceu em 11 de abril de 2010, mas deixou um legado para todos os torcedores cruzmaltinos digno de admiração eterna.  Numa época em que mulher não tinha e nem podia frequentar os estádios de futebol, uma jovem vascaína juntamente com Madame Bartês, estilista de moda da época, Toni, os irmãos Mario e Margarida, as três irmãs Norma, Neide e Vilma, a amiga Idalina e suas filhas, e Tião, um grupo seleto de grandes vascaínos.

Com a fundação do Marcanã em 1950, foi dela a iniciativa de colocar a TOV do lado direito, após acordo com dirigentes da bandinha de música que acompanhava os rivais da Gávea.

Todos os crzmaltinos tem a obrigação de preservar a memória de seus ídolos, não somente atletas e dirigentes, mas todos aqueles que contribuíram para o engrandecimento do VASCO DA GAMA.

GLÓRIAS ETERNAS A TIA AIDA, FUNDADORA DA TOV.

EU SOU VASCO E MINHA PAIXÃO NÃO TEM LIMITES!

JORGE LUIZ Alves Bezerra
Paixão da Gama

Fonte: Blog Paixão da Gama ( Texto ) / Netvasco.com (Severino com chuteiras do gol mil de Romário / Dona Aida).